6 on 6

6 de fev de 2017





Gente, como assim já estamos em Fevereiro? Não era ontem que a gente estava na ceia de Natal se empanturrando comendo peru e rabanada? 2017 promete mesmo.
Dias desses, estava dando umas voltinhas pela internet e me deparo com esse livro lindo "Coisas Bem Legais Para ser Muito Feliz" do Mr. Wonderful!!! Ele é cheio de páginas com frases bem legais pra animar aquele momento em que você está pra baixo. E ainda tem adesivoooos!
Pra completar, fiz uns brigadeiros e decidi deixá-los bonitinhos, não só de colher como eu costumo fazer :). Pra que mais motivo pra ser feliz?
E é isso!! Até a próxima e não esqueçam de visitar todo mundo do projeto ^_^.

60 MINUTOS

30 de jan de 2017


Jogos nunca chamaram muita minha atenção, não lembro a última vez que peguei em um videogame, meu computador nunca rodou um jogo (conta o paciência?) e meu celular é cheio de aplicativos de fotografia. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é fazer mais coisas que me obriguem a sair da zona de conforto, de toda essa acomodação e mesmice que deixa a gente vivendo no modo automático. Então, praticamente fazendo dessa ideia um mantra, chegou a hora de colocar em prática.
Não sei se vocês conhecem o 60 MINUTOS | Escape Game, mas ele é basicamente um jogo de videogame com uma pequena diferença: você é o personagem principal, não tem isso de bonequinho controlado do conforto do seu sofá. Basta montar um grupo de 4 a 8 pessoas (algumas salas aceitam a partir de 3), escolher uma das cinco salas disponíveis e vocês terão 60 minutos (ou 30 na versão pocket) para desvendar os mistérios e enigmas pra sair de lá com vida. Se isso não é viver com emoção, então eu não sei o que é :D.


Vou contar pra vocês minha experiência de novata e inexperiente nesse mundo. Eu juro que estava morrendo de medo, vocês sabem bem o que acontece nesses jogos de videogame. Entramos na nossa sala, a versão pocket de "A Cabana", e com toda a ambientação você realmente consegue se imaginar em um cativeiro. Muitos falam que se imaginam dentro de um jogo, eu já me imaginei reclusa, naqueles lugares que a gente vê em filmes, o que deixou tudo mais emocionante.
Bom, não vou contar os detalhes, lógico, tem que ir pra sentir toda a emoção de ficar olhando pro relógio e você ainda lá preso tentando resolver os mistérios! E não é que a nossa super turma conseguiu sair? E em tempo recorde!


Gostei tanto dessa experiência que já estou combinando de voltar lá e tentar uma sala com maior dificuldade, quem sabe, hahaha. O bom é que fica pertinho da minha casa, no Taguatinga Shopping, então não tem desculpa!
Alguém aqui já foi em alguma sala dessas de escape?