São Paulo I

9 de set de 2016






Quando fui pra São Paulo ano passado, levei câmera digital, instantânea, filme, celular e estava super empolgada pra tanto fotografar como filmar. Resultado? Voltei com algumas fotos e segundos de filmagens, já que muitas vezes, mesmo com o peso das câmeras na bolsa, nem lembrava de tirá-las pra registrar algo. 
Como essa última viagem ia ser super corrida, resolvi levar só a câmera analógica pra terminar o filme dela, a instax e o celular, nada de digital. Fiquei um pouco receosa e ainda peguei nela antes de sair, mas deixei em casa mesmo. Será que valeu a pena essa tentativa de desapego?
Confesso que é uma sensação libertadora não ter aquele peso todo na bolsa, mas sempre surge aquele momentinho em que a foto do celular não fica assim como você queria e só uma câmera poderia fazer algo perto do que imaginou. Nessas horas, fico só lembrando "se eu tivesse uma Fuji pequena", hahhaha.
Pois bem. Vamos ao que interessa.
No primeiro dia, chegamos lá na hora do almoço, fomos deixar as coisas no hotel, o que demorou mais do que o esperado, e depois de almoçar na casa da minha tia mesmo, fomos correndo pra Liberdade. Mesmo São Paulo tendo 1378349032 de lugares que eu nunca fui, não consigo tirar o bairro japonês do meu roteiro. Passamos pouco tempo lá, porque ainda tínhamos que voltar pra um jantar na casa da minha tia e pra algo que eu sempre quis: assistir ao musical Wicked!!!





Na primeira foto eu estou a perfeita bruxa, com essa sapatilha, esse vestido e o chapéu pra ~compor~ o look. A foto ficou A TREVA e olha que foi a melhorzinha de todas, afinal, é mais importante aparecer o teto do que o nome do musical e os nossos pés, não é amiguinho que tirou a foto?
Nossos lugares eram os melhores dos pobres, hahaha. A rykeza ficou lá embaixo, não é? Mas pelo menos não tinha ninguém na nossa frente :D.
O musical é uma maravilha!! Sério minha gente, produção, atores (tem o forever Chiquitita Samuca Jonatas Faro) e o enredo são maravilhosos! Já tinha começado a ler Maligna, o livro que inspirou o musical, mas O Mágico de Oz foi o primeiro livro ~mais complexo~ que li quando era pequena, por isso tenho um carinho especial por ele. Poder entender um pouco como tudo começou, o outro lado da história e até fazer a gente parar pra pensar isso de lado do bem e do mal foi algo inesquecível. Já quero todas essas superproduções aqui em Brasília, seria pedir demais?

7 comentários

  1. Eu morro de vontade de conhecer a liberdade, mas nunca fui =/
    Espero ter a oportunidade de conhecer.
    Como sempre suas fotos maravilhosas <3 Confesso que eu também amo desapegar da câmera, pois ela pesa muito dentro da bolsa.
    Um beijo
    Sherry

    ResponderExcluir
  2. Ai SP do meu <3 Acabei de escrever um post sobre lugares amor de SP (aqui oh http://bit.ly/Bus142-ExisteAmorSP) e a Liberdade está lá, acho que é um dos cantinhos mais mágicos da cidade. Essas suas fotos de lá ficaram lindas!

    ResponderExcluir
  3. Ai, que lindo, tudo lindo, deve ter sido difícil desapegar da câmera digital, mas é impossível que vc consiga tirar uma foto ruim.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Me imagino visitando a Liberdade sem saber por onde fotografar kkkkkk! Cê diz que não lembrava de fotografar mas a viagem ainda rendeu bastante. Eu não teria nem metade(das que ficariam boas).
    Blog Insaturada
    Facebook
    Instagram do blog
    Instagram Pessoal

    ResponderExcluir
  5. ADOREI ESSA BRUSINHA, QUERO hahahaha :ppp eu, boa caipira que sou, nunca conheci a Liberdade, mas imagino que se conhecesse, nunca me cansaria de visitar. E esse musical!!! Eu tenho muita vontade de conhecer a história, mas ao mesmo tempo fico enrolando pra começar a ler. Que legal que você conseguiu ir!!!!
    Deixar a câmera de lado é ruim mesmo, mas as fotos tão lindas como sempre :D um dia a gente arranja uma coleção de cameras pequeninas e poderosas pra todas as ocasiões! :***

    ResponderExcluir
  6. TODA VEZ que vou pra São Paulo eu tenho que passear um pouco na Liberdade também, eu adoro aquele bairro e mesmo querendo conhecer um monte de lugar também, nunca deixo de passar por lá. Adorei as fotos! E nossa como eu queria ter ido ver Wicked :(

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir