60 MINUTOS

30 de jan de 2017


Jogos nunca chamaram muita minha atenção, não lembro a última vez que peguei em um videogame, meu computador nunca rodou um jogo (conta o paciência?) e meu celular é cheio de aplicativos de fotografia. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é fazer mais coisas que me obriguem a sair da zona de conforto, de toda essa acomodação e mesmice que deixa a gente vivendo no modo automático. Então, praticamente fazendo dessa ideia um mantra, chegou a hora de colocar em prática.
Não sei se vocês conhecem o 60 MINUTOS | Escape Game, mas ele é basicamente um jogo de videogame com uma pequena diferença: você é o personagem principal, não tem isso de bonequinho controlado do conforto do seu sofá. Basta montar um grupo de 4 a 8 pessoas (algumas salas aceitam a partir de 3), escolher uma das cinco salas disponíveis e vocês terão 60 minutos (ou 30 na versão pocket) para desvendar os mistérios e enigmas pra sair de lá com vida. Se isso não é viver com emoção, então eu não sei o que é :D.


Vou contar pra vocês minha experiência de novata e inexperiente nesse mundo. Eu juro que estava morrendo de medo, vocês sabem bem o que acontece nesses jogos de videogame. Entramos na nossa sala, a versão pocket de "A Cabana", e com toda a ambientação você realmente consegue se imaginar em um cativeiro. Muitos falam que se imaginam dentro de um jogo, eu já me imaginei reclusa, naqueles lugares que a gente vê em filmes, o que deixou tudo mais emocionante.
Bom, não vou contar os detalhes, lógico, tem que ir pra sentir toda a emoção de ficar olhando pro relógio e você ainda lá preso tentando resolver os mistérios! E não é que a nossa super turma conseguiu sair? E em tempo recorde!


Gostei tanto dessa experiência que já estou combinando de voltar lá e tentar uma sala com maior dificuldade, quem sabe, hahaha. O bom é que fica pertinho da minha casa, no Taguatinga Shopping, então não tem desculpa!
Alguém aqui já foi em alguma sala dessas de escape?

9 comentários

  1. aqui em sampa também tem o escape room, sou louca pra ir lá, mas ainda nao combinei de ir mesmo, eu adoro jogos de escape e acho que seria a maior aventura mesmo! rs. acho que a gente deve se sentir um csi né? kk
    um super beijo, tety
    enflorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nem sabia que existia isso para o público. Fiquei com muita vontade de ir, deve ser bem legal.

    ResponderExcluir
  3. Oi Andrea, tudo bem?
    Não sabia que tinha algo assim aqui em Brasília. Gostei muito de saber. Gosto muito de jogos, e acho que deve ter sido uma experiência incrível.
    abraços,
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Você é amiga do Igor do Sete Coisas, né? Eu li a postagem dele um dia desses, haha. Engraçado que quando li o título na minha lista de leitura eu até pensei "nossa, parece que tá ficando mesmo famoso", aí quando vi a foto e lembrei da menina de cabelo rosa - mais referência impossível -, lembrei. Tem um aqui em São Paulo. Tenho vontade de ir, mas o valor que tá aqui não tem ajudado muito, kkkk.

    Bom fevereiro pra você!
    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não fui nessas salas de "escape", mas imagino que seja divertido demais! Ainda mais indo com um grupo de amigos!!!

    ResponderExcluir
  6. Agora criei uma ideia fixa e preciso conhecer esse lugar.

    ResponderExcluir
  7. Vi um vídeo sobre esse jogo no youtube outro dia, e fiquei muuuito interessada. Deve ser realmente muito bacana! Uma pena que pra cá onde moro essas coisas demoram séculos pra chegar. :/
    Adorei esse modelo de post, pode trazer mais, viu? hehe
    ~abraços~

    ResponderExcluir
  8. Já vi um desses lugares na minha cidade e pensei seriamente em ir mas achei o preço meio exorbitante tá uns 60 contos por pessoa! Desanimei momentaneamente mas assim que tiver uma oportunidade $$$ eu vou. Parece ser muito interessante!

    ResponderExcluir
  9. Gente, nem sabia que tinha uma dessas aqui em Brasília. Tu sabe se lá é permanente ou vai ficar só por um tempo? Quanto foi também??

    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir